O que é anemia? Conheça os sintomas

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare
Texto: O que é anemia? Conheça os Sintomas.Ao lado, imagem de uma mulher olhando para o canto superior esquerdo, enquanto um médico examina seu olho direito.

A anemia é uma doença que todos já ouviram falar e que afeta um número alto de pessoas. Por isso, para aumentar o entendimento sobre ela, produzimos este conteúdo. A seguir, explicaremos o que é anemia e quais são os sintomas aos quais é importante ficar atento.

O que é anemia?

Para começar, vamos conceituar o que caracteriza um quadro como anemia. Pela definição, trata-se da situação em que a pessoa tem deficiência em seus indicadores de hemoglobina, que é um dos componentes do sangue, responsável pela movimentação do oxigênio pelo corpo.

Portanto, quando os níveis de hemoglobina estão abaixo do ideal, configura-se um diagnóstico de anemia. Vale destacar que, em muitos dos casos, o que causa esta doença não é algo preexistente, podendo ser uma deficiência na alimentação, na presença de ferro no organismo.

Por isso, é sempre importante passar por avaliações para tentar as causas que levaram à anemia, podendo ser feita uma suplementação de ferro ou outro tratamento.

Tipos de anemia

A anemia tem por característica a redução de hemoglobinas na corrente sanguínea, podendo as causas terem diversas origens, sendo apenas uma mutação genética ou mesmo uma alimentação ruim. Normalmente tem por sintomas: tontura, palidez, dor de cabeça, fraqueza, peles e mucosas apresentando ressecamento. O tratamento pode mudar de acordo com a causa.

São 7 os tipos mais comuns:

Anemia Falciforme: tendo sua origem na genética, é destruidora das células vermelhas do sangue e ocasiona sintomas como icterícia, inchaço nas mãos e nos pés, dor em todo o corpo. Precisa ter alimentação regulada, realizar transfusão de sangue e, muitas vezes, a penicilina.

Anemia Ferropriva: sendo causada pelo hábito de consumir poucos alimentos que contém muito ferro ou por hemorragias, sendo detectada por hemograma. O tratamento é feito à base de suplementação e alimentação balanceada.

Anemia Perniciosa: essa anemia tem origem na falta de vitamina B12 no organismo e provoca, não só os sintomas comuns da anemia, neuropatia e também diminui a concentração de ácido gástrico no estômago. Pode resultar em sérios danos neurológicos, caso não haja tratamento correto.

Anemia Plástica: trata-se de doença autoimune em que a medula reduz a fabricação de células sanguíneas. Sendo necessária a realização do transplante de medula óssea e transfusão de sangue, se tratado de modo errado, pode ocasionar óbito em menos de um ano.

Anemia Hemolítica: essa anemia é produtora de anticorpos que têm como função destruir as células sanguíneas. Sendo comum em mulheres do que em homens e tem como sintomas a palidez, tontura, marcas roxas na pele, pele e olhos secos e outros. Mas felizmente, essa anemia tem cura através de medicamentos, assim, nesse caso há a necessidade de excluir o baço.

Anemia de Fanconi: sendo originária na genética, tem por característica as anomalias nos dedos e na face. Sendo possível de ser descoberta até 6 anos de idade, os sinais clínicos podem ser observados. O tratamento é realizado com transplante de medula óssea e através de imunossupressores.

Anemia Megaloblástica: os glóbulos vermelhos têm tamanho incomum e há redução dos glóbulos brancos e plaquetas, causado através da falta de vitamina B12.

Sintomas mais comuns são na barriga, queda de cabelo, cansaço e feridas na boca, por exemplo. Independente da anemia que a pessoa tem, é necessário realizar o tratamento. Caso não seja devidamente tratadas, causam sérios danos ao cérebro e não há como reverter, dentre eles: demência, AVC e problemas cardiovasculares, por exemplo. A talassemia também um tipo de anemia, sendo de origem genética e não há cura.

Sintomas da anemia

Conhecido o conceito e os tipos de anemia, é fundamental saber também sobre os sintomas. Como dissemos, a hemoglobina transporta o oxigênio pelo sangue.

Portanto, se isso não é feito corretamente, alguns sintomas surgem automaticamente: falta de ar e fadiga. Afinal, se o oxigênio não está sendo transportado de maneira certa, o cansaço e a dificuldade de respirar são efeitos naturais.

Além disso, há outros pontos. A palidez, por exemplo, também aparece. Assim como sensações de vertigem e tontura, principalmente se houver algum esforço físico maior, como subir escadas, correr, etc.

Um sintoma também comum e que dificulta o tratamento é a falta de apetite. Como dissemos, muitas vezes a anemia aparece por deficiência na alimentação, na nutrição. Ou seja, a partir do momento em que se tem o quadro de anemia e se perde a vontade de comer, fica difícil reverter o quadro.

Como sintomas adjacentes, ainda podemos citar eventuais dores no peito, muitas vezes também causadas pelo cansaço, e também aceleração no batimento cardíaco. Queda na pressão também pode acontecer.

Estas são, portanto, algumas informações importantes sobre a anemia. Desde o conceito, passando pelos tipos e chegando aos sintomas, é importante conhecer o tema, já que é uma doença extremamente comum. As previsões apontam para mais de 2 milhões de casos por ano, só no Brasil.

Lembrando sempre que é fundamental realizar o acompanhamento médico para casos de anemia. Apenas o profissional, munido de consultas e exames, poderá identificar a situação e indicar o melhor tratamento.

Tratamento

O tratamento da anemia vai depender da causa, no caso da anemia ferropriva, o tratamento baseia-se na reposição de ferro, tanto na alimentação quanto com medicação apropriada. Alguns tipos de anemia precisam ser tratadas com transfusão de sangue, devido à sua gravidade.

Lembrando sempre que é fundamental realizar o acompanhamento médico para casos de anemia. Apenas o profissional, munido de consultas e exames, poderá identificar a situação e indicar o melhor tratamento.


Conte com a Qualicorp

Se você quer ter poder contar com médicos, exames e hospitais de qualidade contrate um plano de saúde que vale a pena, clique aqui.