Como amamentar corretamente

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare
Texto: Como amamentar corretamente.Ao lado, mulher amamentando bebê sentada no sofá.

Muitas mulheres podem ter dúvidas sobre como amamentar corretamente, já que nem sempre existe alguém para explicar os passos e posições.

A amamentação é uma etapa importante da vida do bebê e da mãe, trazendo benefícios para ambos.

É por meio do leite materno que o bebê recebe todos os nutrientes e minerais que precisa para crescer saudável.

Pediatras indicam que a amamentação ocorra desde o nascimento até, no mínimo, os primeiros 6 meses do bebê, podendo ser prolongada até quando o bebê não quiser mais.

Algumas mães têm dificuldade ou sentem dor durante a amamentação, isso ocorre pois, às vezes o momento, a posição, ou o método não é o ideal para a mãe ou para o bebê.

Para tirar as principais dúvidas sobre como amamentar corretamente, criamos esse pequeno texto com posições e soluções de problemas comuns na hora da amamentação.

Amamentando na maternidade

A indicação dos médicos é que o bebê seja amamentado ainda na maternidade. A mãe pode aproveitar esse momento para aprender com as enfermeiras, que conseguirão explicar tudo.

Esse primeiro contato do bebê com a amamentação é importante para criar o hábito da sucção.

Nas primeiras mamadas o bebê ainda não receberá leite, e sim o colostro, um líquido quase transparente cheio de anticorpos para o bebê.

Com a constância da sucção, a mama começará a produzir leite e o bebê começará a se acostumar com a amamentação.

Para saber mais sobre como realizar a pega correta ao amamentar, veja no blog da Quali.

Posições para a amamentação

Para começar o momento de amamentação é necessário uma posição confortável para a mãe e o bebê.

Existem várias posições que podem ser testadas até achar a ideal para ambos. Entre elas destacamos as principais:

  1. Barriga com barriga – Esta é uma boa variação das posições mais clássicas para amamentar e que acaba sendo muitas vezes mais confortável para algumas mães, principalmente quando o bebê ainda é muito pequeno. Para fazer esta posição deve-se deitar o bebê no colo e colocar uma das mãos entre as pernas do bebê para apoiá-lo melhor.
  2. Transversal
  3. Sentada – Nesta posição deve-se colocar o bebê deitado no colo e sentar confortavelmente numa cadeira ou sofá. A posição correta consiste em colocar a barriguinha do bebê encostada na da mãe, enquanto o bebê é segurado com os dois braços por baixo do seu corpinho.
  4. Cavalinho – O bebê deve ficar sentado numa das coxas, de frente para a mama e a mãe poderá segurá-lo, apoiando suas costas. Esta posição é ideal para bebês com mais de 3 meses e que já seguram bem a cabeça.
  5. Deitada – Esta posição é muito cômoda para a mãe e para o bebê, sendo especialmente útil durante a noite ou quando a mãe está muito cansada. Deve-se oferecer a mama que está mais próxima do colchão e, para que a mãe fique mais confortável, pode-se apoiar a cabeça no braço ou numa almofada.
  6. Gêmeos  – Sentada, com uma almofada de amamentação ou dois travesseiros no colo, colocar um bebê debaixo de um braço, com as pernas viradas para as costas da mãe e o outro bebê debaixo do outro braço, também com as pernas viradas para as costas da mãe, apoiando a cabeça dos bebês com as mãos

Essas são só algumas posições possíveis, mas a amamentação também depende de outros fatores.

Encaixando o bebê para amamentar

Quando mãe e bebê estiverem na posição certa o próximo passo é guiar o bebê até o mamilo.

Antes de amamentar é recomendado que a mãe retire um pouco de leite, para a mama esvaziar. Dessa forma fica mais fácil para o bebê segurar o bico e encaixar melhor sem causar dor à mãe.

Ao colocar o mamilo na boca do bebê, ele abrirá a boca. A mãe deve levar a boca do bebê a aréola, colocando o máximo possível dela dentro da boca.

O risco de o bebê morder ou machucar o mamilo é muito menor dessa forma, além disso, a boca deve estar bem aberta e com os lábios para fora.

Sempre troque o lado da amamentação

A amamentação deve ser um momento de conexão entre a mãe e o bebê, mas isso só é possível se ambos estiverem relaxados e confortáveis.

Um fator importante para o bem-estar da mãe é a troca da mama a cada mamada do bebê.

Sempre altere o lado da mamada, já que se não estimulado, o peito parará de produzir leite. Além disso, o mamilo também começará a ficar dolorido com o tempo, se não for variado.

A amamentação é um período muito especial para muitas mães e essencial para a saúde do bebê, saber como fazer desse momento mais especial pode fazer a diferença para muitas famílias.